Fenavinho recebe homenagem na Câmara

por Assessoria de Imprensa publicado 19/12/2017 17h09, última modificação 19/12/2017 17h09
O evento, organizado pela primeira vez em 1967, foi agraciado com a Portaria de Louvor e Agradecimento

Na noite dessa segunda-feira(18), a Câmara Municipal de Bento Gonçalves, promoveu uma Sessão Solene para homenagear com a outorga de Portaria de Louvor e Agradecimento à Festa Nacional do Vinho (Fenavinho), pela passagem dos seus 50 anos de história e comemorações em Bento Gonçalves.

A homenagem consta na Resolução nº 219/2017, proposta pelo vereador Volnei Christofoli (PP) e subscrita por outros 15 parlamentares da Casa. A matéria foi aprovada por unanimidade pelo plenário da Câmara.

O evento, organizado pela primeira vez em 1967, está completando 50 anos de história em 2017. Marcaram presença na solenidade, os ex-presidentes da feira, Tel Antinolfi, Jovino Nolasco de Souza, João Strapazzon e Elaine Michelon, representando o primeiro presidente da Festa, Moysés Luiz Michelon, que faleceu neste ano.

O propositor da homenagem, vereador Volnei falou sobre a importância em reconhecer os 50 anos da Fenavinho.É com esse sentimento de respeito e admiração, que indiquei esta justa e merecida Portaria de Louvor e Agradecimento à Fenavinho. Esta feira projetou o município nacional e internacionalmente, tornando Bento Gonçalves conhecida como a “Capital Brasileira do Vinho” e por isso estamos aqui para prestar homenagem a todos que fizeram parte dessa história, relatou.

Para o prefeito Guilherme Pasin é um prazer ratificar tamanha honraria “a Fenavinho é uma construção comunitária, assim ela nasceu. Ela brota, nasce de uma necessidade de mostrar Bento Gonçalves para o mundo. E muito mais, nasce numa liderança que era muito maior que qualquer estigma político ou qualquer vertente ideológica, era alguém que sabia reconhecer os valores, era o senhor Moysés Luíz Michelon”, afirmou.

Em seu discurso, o presidente da Casa, vereador Moisés Scussel Neto (PSDB), declarou que “a história do nosso município se funde em gênero, número e grau com a história dessa magnífica feira. A Fenavinho precisa voltar, e ela depende da união e empenho de toda comunidade Bento-gonçalvense para alcançarmos esse objetivo.” finalizou Scussel.

João Strapazzon, presidente da última edição da Fenavinho, que ocorreu em 2011, enalteceu os avanços que a feira proporcionou para o município ao longo de sua trajetória. “A Fenavinho abriu portas para comercialização dos vinhos e derivados aqui produzidos, divulgou a indústria moveleira, tornou o município conhecido pelo mundo a fora. Estamos empenhados para que a Fenavinho seja retomada de maneira sólida e sustentável.” finalizou Strapazzon.

O primeiro presidente da feira, Moyses Luiz Michelon, que faleceu aos 83 anos esteve representado por sua filha Elaine Michelon, que não conteve sua emoção ao recordar as ações de seu pai em prol da Fenavinho. “Uma de suas maiores alegrias foi sem dúvida a Fenavinho. Foi incrível ver como meu pai lutou pela volta da Fenavinho e foi triste ver que ele não permaneceu o tempo suficiente em vida, para ver o retorno dessa festa que trouxe os primeiros sinais significativos de progresso a Bento Gonçalves. Tenho certeza de que ele está aqui torcendo para que a feira seja retomada.” afirmou Elaine Michelon.

Durante a solenidade, o Coral do Vale dos Vinhedos presidido pelo Florindo Portaluppi e conduzido pelo Maestro Geraldo Farina, se apresentou com canções alusivas ao vinho.

Também participaram do evento o Comandante do 6º Batalhão de Comunicações do Exército, tenente coronel Nelson Marinho de Bastos Júnior, vereadores Agostinho Petroli (PMDB), Eduardo Virissimo (PP), Elvio de Lima (PMDB), Idasir dos Santos (PMDB), Jocelito Tonietto (PDT), Neri Mazzochin (PP), secretários municipais e representantes de entidades de classe.

Confira a galeria de fotos aqui.

Assista a sessão solene na íntegra pelo canal da TV Câmara Bento no Youtube.