Presidentes da Fenavinho pedem mais prazo para depor

por Assessoria de Imprensa publicado 05/03/2013 11h23, última modificação 13/11/2015 17h42
Nova Sessão da CPI está marcada para o dia 12

(Comunicação Social – 05/03/2013) – Membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) formada para apuração de dívidas e situação financeira das últimas duas edições da Fenavinho Brasil, aprovaram durante Sessão desta terça-feira, 05, o pedido de mais prazo por parte dos presidentes das duas últimas edições da feira.

Conforme documento enviado à Presidência da CPI, Tarcísio Michelon e João Strapazzon, respectivamente presidentes das edições de 2009 e 2011 da Fenavinho Brasil declararam ter recebido as intimações no dia 28 de fevereiro e justificaram não terem tido tempo suficiente para se inteirar do histórico de suas administrações relacionadas às edições da feira.

Strapazzon e Michelon solicitaram um prazo de dez dias para que possam cumprir as diligências determinadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito. Os membros da CPI aprovaram por unanimidade, um prazo de sete dias marcando os depoimentos para a próxima terça-feira, 12.

Entre os requerimentos aprovados na Sessão está o que solicita a presença dos integrantes da diretoria da Fenavinho Brasil, Marcos Fracalossi (Vice-presidente de Gestão), Marcos Ditz Piccoli (ex-Vice-presidente Cultural), além de Gilberto Durante (ex-Presidente do Conselho de Turismo) e Ivane Fávero (ex-Secretária Municipal de Turismo). Os depoimentos acontecerão nos dias 13 e 14.