Vereadores, prefeito e vice-prefeito eleitos de Bento Gonçalves tomarão posse na Câmara Municipal

por Assessoria de Imprensa publicado 31/12/2020 18h15, última modificação 31/12/2020 18h36
Sessão Solene marcada para as 9h desta sexta-feira (dia 1º), contará também com a eleição da nova Mesa Diretora

A Sessão Solene de posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito eleitos de Bento Gonçalves para o período 2021-2024, está marcada para as 9h do dia 1º de janeiro de 2021. A solenidade, que marca o início da 18ª Legislatura da Câmara Municipal, este ano, excepcionalmente não será aberta ao público em função da pandemia. O ato respeitará os protocolos de prevenção ao coronavírus, seguindo orientações do Decreto Estadual.

Todavia, a Casa fará a transmissão da Sessão, ao vivo pelos canais da TV Câmara Bento pelas redes sociais Youtube e Facebook.

Conforme prevê o parágrafo primeiro do artigo 12 da Lei Orgânica Municipal de Bento Gonçalves, a sessão será presidida pelo candidato a vereador mais votado nas eleições municipais de 2020, a saber vereador reeleito, Eduardo Virissimo (Progressistas), com 2.065 votos.

Primeiro, tomarão posse os vereadores eleitos Agostinho Petroli (MDB), Ari Peliciolli (Cidadania), Eduardo Virissimo (Progressistas), Eduardo Pompermayer (DEM), Edson Biasi (Progressitas), Idasir dos Santos "Ida" (PMDB), Henrique Nuncio (PSDB), José Antônio Gava (PDT), Ivar Castagnetti (PDT), Marcos Barbosa (PRB), Paulo Roberto Cavalli "Paco" (PTB), Rafael Pasqualotto (Progressistas), Rafael L. Fantin "Dentinho" (PSD), Sidinei da Silva "Sidi" (PSDB), Thiago Fabris (Progressistas) Valdemir Marini (Progressistas) e Volnei Christofoli (Progressistas). 

Em seguida, serão empossados o prefeito Diogo Segabinazzi Siqueira (PSDB), e o vice-prefeito eleito, Amarildo Lucatelli (Progressistas).

Com a nova configuração da Câmara, o Partido Progressista (PP) terá a maior bancada, dessa vez com seis vereadores. A bancada do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e do PSDB, terão dois parlamentares cada. O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Democratas, Republicanos, Cidadania e PSD terão um vereador cada. 

Após a posse, serão eleitos os quatro vereadores que comporão a Mesa Diretora da Câmara no biênio 2021-2022, composta por um presidente, um vice-presidente, um primeiro-secretário e um segundo-secretário. Além disso, serão indicados pelos partidos os líderes das bancadas para o ano de 2021.