Assistência e políticas públicas para pessoas com câncer foi tema de audiência na Câmara

por Assessoria de Imprensa publicado 22/11/2019 11h45, última modificação 22/11/2019 11h46
Evento contou a participação de entidades do município

A noite dessa quinta-feira (21), foi de debate na Câmara Municipal de Bento Gonçalves. O Presidente da Casa, vereador Rafael Pasqualotto (Progressistas) e o vereador Gustavo Felipe Sperotto (DEM), presidiram uma audiência pública que abordou a assistência às pessoas com câncer no município. Participaram do encontro, além dos vereadores, Edson Biasi (Progressistas), Sidinei da Silva (Cidadania) e Moacir Camerini (PDT), o secretário municipal de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira, médicos do Hospital Tacchini, Instituto do Câncer e Liga de Combate ao Câncer.

Os médicos do Hospital Tacchini e Instituto do Câncer, Dr. Fernando Obst e a enfermeira Mari Inês Paese, expuseram aos presentes a estrutura que o hospital conta para atender aos pacientes, que se equivale à grandes hospitais dos Estados Unidos. Além disso, mostraram aos presentes algumas pesquisas que o hospital realiza, sempre buscando o melhor para os pacientes. Já a Liga de Combate ao Câncer, representada por Maria Lúcia Severa, pôde mostrar o excelente trabalho que realiza com os voluntários, dentro e fora do ambiente hospitalar.

O secretário municipal de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira, expôs as dificuldades que o poder público enfrenta para lidar com a doença, pois, segundo ele, há atraso nos repasses federais e estaduais e um crescimento da demanda de especialistas, exames e medicamentos. O secretário salientou que o poder público injeta dinheiro próprio para manter em dia os atendimentos e busca aumentar a assistência a essas pessoas.

Para Pasqualotto, o encontro foi de grande valia, pois muitas pessoas descobrem a doença de forma tardia, o que dificulta a cura. “Nesta audiência, pudemos perceber o quão importante é a prevenção e o diagnóstico precoce, pois, quanto antes a doença for descoberta, maiores as chances de cura. Esta Casa sempre estará a disposição da população para sanar dúvidas e discutir este tema”, salienta.

O vereador Gustavo Sperotto acredita que esta audiência foi de extrema importância e muito especial, uma vez que, o vereador passou pela doença a poucos meses. “É importante falarmos sobre prevenção, diagnóstico precoce e tratamentos, mas também é importante falamos do cuidado após a doença e que existe sim, em nosso município, uma estrutura excelente, com médicos, enfermeiros e voluntários capacitados para atenderem às pessoas em um dos momentos mais frágeis da vida”, completa Sperotto.

Na oportunidade, as voluntárias da Liga de Combate ao Câncer, entregaram à Maria Lúcia Severa, um ramalhete de flores, o gesto visou homenagear e agradecer a presidente da entidade por sua dedicação e trabalho à frente da Liga.

A Câmara Municipal esteve com a fachada iluminada em rosa no mês de outubro, e em novembro está iluminada em azul. A ação, também visa chamar a atenção para a mobilização em busca do diagnóstico precoce, em combate ao câncer.