Câmara vota três matérias na sessão de segunda

por Assessoria de Imprensa publicado 31/08/2020 04h40, última modificação 31/08/2020 11h31
Serão votadas duas moções e uma abertura de crédito especial

Três projetos estão previstos para serem votados na sessão desta segunda-feira (31), na Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves. 

O primeiro projeto é de origem Executiva e prevê abertura de crédito especial. Trata-se do PLO 79/2020  autorizando a abrir um Crédito Especial no valor de R$ 644,71 (seiscentos e quarenta e quatro reais e setenta e um centavos) na unidade orçamentária. A abertura do crédito especial se faz necessária para devolução de rendimentos de aplicação não utilizados do Convênio SEDACTEL n° 137/2018, em anexo, o qual se encerrou em 12 de maio de 2020. O repasse foi de R$ 36.577,00 (trinta e seis mil, quinhentos e setenta e sete reais) e a contrapartida do Município ficou no valor de R$ 6.461,00 (seis mil, quatrocentos e sessenta e um reais), que resultou na impressão de 113.252 (cento e treze mil, duzentos e cinquenta e dois) folders através do registro de preço oriundo do processo n° 58/2019 - Licitação 23/2019. 

Em seguida serão votadas duas moções. A primeira é a Moção 7/2020, de autoria do vereador Agostinho Petroli (MDB) em apoio à reivindicação dos trabalhadores da Rede Estadual de Educação para pagamento das horas em greve já recuperadas. Trata-se de revindicação de mais de 27 (vinte e sete) mil trabalhadores da Rede Estadual de Educação cujos pontos foram cortados em razão da greve protagonizada pela categoria. Os profissionais pleiteiam a reversão da medida imposta pelo Governo do Estado, visto terem inclusive recuperado as horas

Por fim, será votada a Moção 9/2020 de autoria da bancada do Progressistas, que trata de uma moção de aplauso ao Corpo de Bombeiros, referente a eventos que ocorreram em julho deste ano, quando, devido aos efeitos da chuva, a companhia especial de Bento Gonçalves, que atuava na remoção das famílias do município de Santa Tereza, recebeu uma ligação de uma enfermeira que fazia os cuidados de um casal de idosos, a Sra. Mercinda 85 anos de idade e Sr. Davino 91 anos, que tem  dificuldades de mobilidade e faz uso de cilindro de oxigênio para conseguir respirar. A residência estava sem energia elétrica a quase um dia, impossibilitando o carregamento do equipamento, ao mesmo tempo a residência onde se encontravam, estava sendo invadida pelas água. Era uma situação muito difícil, não se tinha mais comunicação com a família, não havia acesso por terra, e o acesso por água era cada vez mais perigoso, devido ao aumento do volume de água e a forte correnteza que arrastou diversas casas na região. Foi tomada a decisão pela equipe de ir por água, mesmo com a forte correnteza e o risco elevado da vida dos militares, sem saber se alcançariam o êxito de chegar até o local, e como seria o retorno. A casa dos idosos é no distrito de Campinhos estava totalmente alagada, com a cheia do Rio Taquari. Davino, Mercinda e a cuidadora do casal, Maria Pagorecki, foram levados em um bote até uma parte seca no mesmo distrito. A guarnição, composta pelo 2° Sargento Carvalho, 2° Sargento Guerra, Soldado Barreto e Soldado Pietro, carregou o Sr. Davino no colo, pois padece com dificuldade de mobilidade e seu oxigênio estava no fim, até um posto de saúde do distrito o qual era a esperança dos militares que houvesse um cilindro de oxigênio reserva, mas não obtendo êxito. Para segunda parte do resgate, o casal de idosos foi deixado aos cuidados da enfermeira, enquanto a equipe deslocava até o município de Santa Tereza para buscar um cilindro de oxigênio reserva, pois, o idoso necessitava de oxigênio o mais rápido possível. Ao todo a ocorrência durou em torno de 10 horas desde o acionamento da ocorrência até o salvamento das vitimas. Apesar de todas as dificuldades, sejam elas, climáticas e acesso, sejam elas de locomoção físicas e clínicas destas pessoas, o resgate foi bem sucedido, graças a todas as técnicas bem empregadas. ficamos com o sentimento de "Dever Cumprido", mesmo com o todo o risco, todo o desgaste físico da equipe, foi alcançado o objetivo principal que é salvar a vida do próximo, daquele que necessita.

A sessão começa às 15h e terá transmissão da TV Câmara Bento Canal 16 e dos canais do Legislativo no Facebook e no Youtube.