Justiça Eleitoral confirma: são Fake News publicações de jornalista Claudir Benini contra vereador Eduardo Virissimo

por Assessoria de Imprensa publicado 05/08/2020 12h40, última modificação 05/08/2020 17h02
Despacho determina retirada do conteúdo sob pena de multa diária

O Poder Legislativo de Bento Gonçalves torna pública determinação da Justiça Eleitoral, para que o jornalista Claudir Benini retire sob pena de multa, as notícias falsas contra o vereador Eduardo Virissimo (Progressistas).

O despacho, assinado pela Juíza Eleitoral Romani Terezinha Bortolas Dalcin, diz que no conteúdo analisado, o jornalista utilizou-se da rede social Facebook, no último dia 29 de julho, para veicular notícia falsa de que Viríssimo, estaria sendo favorecido no repasse de verbas pela Câmara ao site de esportes.

Considerando os fatos narrados e documentos anexados, a Juíza acatou o pedido da liminar, para determinar que o jornalista promova a imediata exclusão do conteúdo falso, bem como se abstenha de novas postagens de mesmo conteúdo em rede social (indistintamente consideradas), sob pena de multa diária pelo descumprimento.

Fake News é crime, e devem ser combatidas. Além de fiscalizar e aprovar leis que promovam qualidade de vida e o desenvolvimento do município, são premissas do Poder Legislativo, o respeito e o compromisso com a verdade.

Crédito da imagem: redes sociais